Pesquisa aponta queda em demissões e contratações nos EUA

O número de demissões anunciadas publicamente caiu, em junho, para o menor nível em um ano nos EUA, de acordo com levantamento da empresa de recolocação Challenger, Gray & Christmas. Segundo o levantamento, foram anunciadas 64.343 demissões em junho, 12% abaixo do registrado no mês passado e o menor número desde junho do ano passado.Mas a empresa de recolocação anunciou que os anúncios de contratação também caíram. A queda foi de 31% ante maio. O CEO da Challenger, Gray & Christmas, John Challenger, afirmou que não será surpreendente se ocorrer um aumento do número de anúncios de demissões mensais no segundo semestre, após as companhias reavaliarem seus resultados financeiros projetados par ao ano.Em entrevista à rede de TV NBC, Challenger comentou que as companhias, normalmente, reduzem empregos com a aproximação do fim do ano, por várias razões, incluindo a constatação de que não atingiu as metas de lucro. Segundo o executivo, as áreas de telecomunicações, manufatura e financeiras têm respondido pelo maior número de demissões. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.