Pesquisa da ANP aponta queda de 0,65% no preço da gasolina

Os preços dos combustíveis continuam em queda. Segundo a pesquisa semanal da Agência Nacional do Petróleo (ANP), divulgada hoje, a maior redução na semana foi do álcool, refletindo o período de plena safra agrícola. Pelos dados da ANP, o litro do álcool registrou preço médio de R$ 1,231 no País esta semana, com queda de 3,90% em relação à semana passada, elevando a queda acumulada em três meses para 21,04%. No município de São Paulo o álcool foi comercializado, em média, por R$ 1,01 o litro, enquanto no Rio de Janeiro a média para o consumidor atingiu R$ 1,301. A gasolina também registrou queda na semana, sendo comercializada em média no Brasil a R$ 1,976, com redução de preços de 0,65% na semana e de 9,94% nos últimos três meses. A avaliação dos especialistas é que ainda há espaço para novas quedas no preço da gasolina considerando o mercado internacional e a cotação do dólar norte-americano em relação ao real. A Petrobras, porém, ainda não sinalizou nenhum movimento nesse sentido. Outro ponto que poderá viabilizar nova queda é a reunião dos secretários de Fazenda dos Estados, na semana que vem. A maioria dos Estados ainda mantém o preço da gasolina - para efeito de cálculo do ICMS - em patamar muito superior aos atuais preços no varejo. No Rio de Janeiro, por exemplo, o preço de referência para a tributação está em R$ 2,27, cerca de 11% acima do efetivamente praticamente no comércio varejista. Não se sabe se os secretários reduzirão o preço de referência para os atuais preços de mercado, já que isso implicaria em redução de receita.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.