Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Pesquisa da PRO TESTE aponta onde comprar mais barato

PRO TESTE compara os preços nos supermercados. Em São Paulo, a economia pode superar R$ 1 mil

Agência Estado,

04 de setembro de 2007 | 16h05

Comprar no supermercado mais barato pode gerar uma economia de até R$ 1 mil em São Paulo e de até R$ 800 na Bahia, tomando por base as cestas montadas em uma pesquisa da PRO TESTE - Associação Brasileira de Defesa do Consumidor.   Veja também: Íntegra da pesquisa da PRO TESTE Dieese: cesta básica está mais cara em 16 capitais  Dieese: mínimo deveria ser de R$ 1.733,88 em agosto   Pelo terceiro ano consecutivo, a PRO TESTE pesquisou e comparou os mercados de 13 cidades de 8 estados, além do Distrito Federal: Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Florianópolis, Guarulhos, Jaboatão dos Guararapes, Niterói, Olinda, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.   Foram quase 800 estabelecimentos visitados. No final, a comparação de preços de 97 produtos pode indicar onde a mesma quantia de dinheiro pode comprar mais.   Para que consumidores com diferentes perfis pudessem se beneficiar da pesquisa, a PRO TESTE montou duas cestas de compras - uma com base em produtos com marcas definidas e outra formada por produtos com os menores preços em cada mercado visitado.   Na cesta 1 há ainda três subcestas. Uma só com produtos de mercearia. Outra apenas com artigos de higiene e limpeza. E uma última retirando carne, frutas e legumes. Ao final, além da diferença porcentual entre todos os supermercados da região, é possível saber qual a rede mais barata em cada cidade, o tipo de loja mais econômico (de conveniência, hard discount, hiper ou supermercado) e se vale a pena fazer as compras pela internet.

Tudo o que sabemos sobre:
Preço de alimentosSupermercados

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.