Pesquisa do BC aponta previsão menor de inflação para 12 meses

As instituições financeiras e empresas consultadas semanalmente pelo Banco Central reduziram de 6,48% para 6,26% a projeção média para a variação que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deverá acumular nos próximos 12 meses. O dado consta de pesquisa divulgada hoje pelo Banco Central (BC) em seu site na Internet.Para 2004, como um todo, as instituições consultadas acreditam que o IPCA - índice utilizado pelo BC para orientar o sistema de metas de inflação no País - acumulará uma alta de 7,05%, variação superior à registrada na pesquisa anterior, quando a estimativa era de 7%. Para 2005, as apostas se mantiveram: alta de 5,5% para o índice de inflação.Além das alterações nas estimativas para os próximos 12 meses e para 2004, as instituições consultadas pelo BC reavaliaram suas projeções para a variação do IPCA em julho e agosto. Para este mês, a expectativa dos bancos e empresas é de que o índice acumulará uma alta de 0,95%, superando os 0,90% estimados até semana passada. Para agosto, a projeção é de alta de 0,59%, acima portanto dos 0,55% estimados no levantamento anterior.Em termos de preços administrados, as instituições consultadas pelo BC acreditam que esse conjunto de preços acumulará em 2004 uma inflação de 8%, acima dos 7,91% projetados na semana passada. Para 2005, a alta esperada é de 6,57%, também um pouco acima da projeção anterior, que era de alta de 6,52%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.