Pesquisa do BC aponta queda no investimento estrangeiro direto

As instituições financeiras ouvidas em pesquisa semanal do Banco Central (BC) reduziram suas projeções de fluxo de investimento estrangeiro direto (IED) neste ano de US$ 10,62 bilhões para US$ 10,50 bilhões. A queda deixou o número estimado ainda mais distante da previsão de US$ 12 bilhões feita pelo próprio BC na semana passada.Mesmo com a redução, as estimativas de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano ficaram estáveis em 3,50%. Para 2005, as projeções de IED não se alteraram e permaneceram em US$ 13 bilhões pela quinta semana consecutiva. As estimativas de crescimento do PIB no próximo ano também não mudaram e ficaram em 3,50%.Dívida públicaAs projeções de mercado para a dívida líquida do setor público neste ano ficaram estáveis em 57% do PIB na pesquisa semanal do BC. As estimativas de superávit primário ? arrecadação do governo menos os gastos com as autarquias municipais, estaduais, federal e as empresas estatais ? para o mesmo período também não se alteraram e ficaram em 4,25% do PIB.Para 2005, as expectativas de mercado para a dívida líquida do setor público permaneceram estáveis em 55,40% do PIB. As previsões de superávit primário do setor público, por sua vez, ficaram estáveis em 4,25% do PIB.

Agencia Estado,

28 de junho de 2004 | 12h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.