Pesquisa do BC mostra aumento na expectativa de inflação

As instituições financeiras ouvidas em pesquisa semanal do Banco Central (BC) elevaram suas projeções para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2004 de 6,79% para 6,96%. O aumento deixou as previsões ainda mais distantes do centro da meta de 5,5% e as aproximou uma vez mais dos 7% estimados por alguns analistas de mercado.As expectativas de IPCA para 2005, entretanto, permaneceram estáveis em 5,5%, um ponto porcentual acima do centro da meta de 4,5% do próximo ano. O Comitê de Política Monetária (Copom) trabalha, por sua vez, com estimativas de IPCA para 2005 abaixo dos 4,5%.As estimativas de IPCA em 12 meses à frente aumentaram, na mesma pesquisa, de 6,17% para 6,25%, porcentual ainda mais distante dos 5,1% da trajetória das metas em 12 meses. Os bancos consultados pelo BC elevaram, ao mesmo tempo, suas estimativas de IPCA para o corrente mês de 0,63% para 0,67%, e as previsões para julho subiram de 0,82% para 0,90%.A pesquisa ainda registrou um aumento das projeções de reajuste dos preços administrados neste ano de 7,55% para 7,80%. As previsões para 2005 subiram de 6% para 6,50%. Com o aumento, os dois porcentuais passaram a ficar acima das previsões de aumento dos preços administrados projetados pelo Copom na reunião deste mês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.