Pesquisa mostra perfil de consumo da mulher de baixa renda

A agência de publicidade Ogilvy divulgou hoje uma pesquisa qualitativa sobre o retrato da mulher brasileira com idade entre 25 e 40 anos e renda mensal entre R$ 700 e R$ 1.200. Segundo a pesquisa, nessa faixa de renda os hipermercados têm o mesmo papel que o shopping center para a mulher de classe média, e a escolha das marcas de bem de consumo se divide em duas categorias: o uso diário e o para momentos especiais , como por exemplo, Guaraná Dolly para o dia a dia e a Coca-Cola para receber uma visita ou para as festas.São consumidoras que priorizam quando se trata de gastar mais o consumo dos filhos do que o seu próprio, sentem culpadas quando compram produtos para satisfazer a vaidade como batom, cremes, e tentam suprir esse lado em lojas de R$ 1,99.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.