Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Pesquisa prevê investimentos diretos maiores em 2003 e 2004

Uma sondagem feita pela Unctad (Conferência das Nações Unidas para o Comércio e Desenvolvimento) aponta que os fluxos de investimentos diretos para o Brasil em 2003 e 2004 deverão ser superiores aos que foram registrados em 2002, quando totalizaram US$ 16,57 bilhões, segundo dados oficiais do governo. No ano passado, a entrada de capitais no Brasil foi menor que em 2001, quando foi registrado o ingresso de US$ 21 bilhões. Para a Uctad, esse resultado ocorreu em grande parte dos países e o fluxo de investimentos no mundo acabou sendo o menor em quase 30 anos. Apesar de não divulgar números de quanto poderia ser o crescimento de investimentos para o Brasil em 2003 e 2004, a agência da Organização das Nações Unidas (ONU) aponta que existe uma "expectativa positiva" de que as empresas voltem a fazer investimentos no Brasil nos próximos um ano e meio. Um dos fatores seria a consolidação do governo de Luiz Inácio Lula da Silva. Outro motivo seria a perspectiva de recuperação, ainda que tímida, da economia mundial a partir do início do próximo ano.Pessimismo na América Latina Na América Latina, porém, 60% dos países observados afirmaram à Unctad que os investimentos estrangeiros continuarão, até 2004, nos mesmos níveis do ano passado, sendo que 22% dos países ainda apontam que a situação pode piorar em termos de entrada de novos recursos. Apesar do pessimismo que parece continuar a dominar o cenário na região latino-americana, a Unctad afirma que "o pior momento já passou" em termos de fluxo de investimentos no mundo. Segundo a sondagem, nos próximos anos, capitais chineses e da Índia começarão a se somar aos investidores tradicionais, como Estados Unidos, Grã-Bretanha e Alemanha. Esses dois novos atores estariam direcionando seus investimentos principalmente para outros países em desenvolvimento. A pesquisa da Unctad foi feita com base em avaliações de 106 agências oficiais de promoção de investimentos espalhadas nos cinco continentes.

Agencia Estado,

14 de maio de 2003 | 13h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.