Pessimismo de consumidores preocupa mercados financeiros

O medo de que os consumidoresrestrinjam os gastos atingia os mercados financeiros globaisnesta quarta-feira, derrubando as ações na Europa econtribuindo para que o ouro tivesse novo recorde. O humor na Europa foi abatido após a britânica Marks &Spencer informar o pior desempenho trimestral em dois anos. A Alemanha também divulgou que as vendas no varejo caíram eque as importações diminuíram mais que as exportações emnovembro. Juntos, os relatórios mostraram um quadro de consumidorespessimistas, que se somou às preocupações em Wall Street apósum alerta da AT&T sobre gastos menores dos clientes. "Nós começamos o ano com uma dose maior de realidade etodos os dados que vemos apontam para um ambiente econômicomuito, muito desagradável --se não de recessão", afirmou SimonClinch, diretor da área de ações no F&C Asset Management. Em Nova York, a perspectiva para as ações norte-americanasneste pregão era de fraqueza também, apesar de notícia do WallStreet Journal de que o governo Bush considera medidas fiscaispara incentivar a economia. (Reportagem de Jeremy Gaunt)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.