finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Petrobras ainda não definiu como participará do Comperj

A Petrobras ainda não definiu a forma como participará da composição acionária do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj). Entre as alternativas está a de a estatal participar diretamente ou indiretamente, por meio da nova companhia petroquímica do Sudeste, da qual terá 40% em parceria com a Unipar.Segundo o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, a composição do Comperj ainda está sendo discutida e negociada com outros sócios, entre eles o Grupo Ultra. "Existem oito unidades fabris e o Grupo Ultra pode certamente entrar em uma delas", disse Gabrielli, sem especificar se de primeira ou segunda geração.O executivo frisou que a Petrobras "não quer ver repetidos no Comperj os mesmos erros do passado da petroquímica brasileira". Indagado sobre quais seriam estes erros, Gabrielli lembrou o fato de empresas concorrentes participarem em sociedade da composição acionária de outras companhias. "Isso soa estranho. E não é o caso agora. A Petrobras está participando minoritariamente de duas empresas, mas não interfere nas decisões concorrenciais. Não há conflito de interesses", afirmou Gabrielli, em entrevista coletiva realizada hoje na sede da companhia no Rio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.