Marcos De Paula|Estadão
Marcos De Paula|Estadão

Petrobrás altera modelo de venda da BR Distribuidora e busca controle compartilhado

Proposta envolverá duas classes de ações - ordinárias e preferenciais - para que a estatal tenha maioria no capital total da subsidiária, mas com participação de 49% no capital votante

Fátima Laranjeira,Karin Sato, O Estado de S.Paulo

22 Julho 2016 | 19h06

O conselho de administração da Petrobrás aprovou nesta sexta-feira, 22, a alteração do modelo de venda de participação em sua subsidiária BR Distribuidora, encerrando o processo competitivo que estava em curso e iniciando uma nova modalidade de venda.

O novo processo buscará parceiros com os quais a Petrobrás compartilhará o controle da distribuidora, conforme antecipado pelo Broadcast, notícias em tempo real do Grupo Estado, numa estrutura societária que envolverá duas classes de ações - ordinárias e preferenciais - de forma que a Petrobrás fique majoritária no capital total, mas com uma participação de 49% no capital votante.

"Será condição para a conclusão da transação que questões estratégicas para a Petrobrás estejam adequadamente refletidas na estrutura da parceria", afirma a estatal em fato relevante.

No processo que estava vigente, como noticiado pelo Broadcast, a Petrobrás recebeu três propostas que, após as análises efetuadas, não atenderam aos objetivos da companhia.

"Dessa forma, a diretoria executiva e o conselho de administração decidiram pelo início de um novo processo competitivo com o objetivo de maximizar o valor do negócio de distribuição de combustíveis, atender os objetivos estratégicos da Petrobrás e manter a operação integrada na cadeia do petróleo", diz a empresa no comunicado.

Mais conteúdo sobre:
Petrobrás Broadcast

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.