Fabio Motta/Estadão
Fabio Motta/Estadão

Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Petrobrás aprova venda de refinaria no Japão por US$ 130 milhões

Negócio faz parte do plano de desinvestimento da estatal e será concluído até o fim do ano

Karin Sato, O Estado de S.Paulo

17 de outubro de 2016 | 20h26

O Conselho de Administração da Petrobrás aprovou a venda de 100% das ações da Nansei Seikyu (NSS), empresa localizada na ilha de Okinawa, no Japão, para a Taiyo Oil Company. O valor da venda foi de US$ 129,285 milhões e será integralmente pago no fechamento da operação, previsto para dezembro de 2016.

A venda da NSS foi conduzida por meio de processo competitivo e o preço da transação foi avaliado por três instituições financeiras, por meio de duas opiniões de valor justo e um relatório de avaliação.

A NSS, detida integralmente pela Petrobrás International Braspetro, possui uma refinaria com capacidade de processamento de 100 mil barris por dia de petróleo, 36 tanques que armazenam 9,5 milhões de barris de petróleo e derivados, além de três píeres para carga e descarga de navios e uma monobóia. Atualmente, a refinaria e a monobóia encontram-se hibernadas.

Segundo a petroleira, a NSS, por meio da prestação de serviços de terminal, atende a cerca de 50% do mercado de Okinawa.

A venda integra o plano de desinvestimentos da Petrobrás e está alinhada a seu planejamento estratégico. A conclusão da transação está sujeita a determinadas condições precedentes usuais, incluindo a aprovação pelos órgãos reguladores competentes.

A Taiyo é uma empresa japonesa de capital fechado, de importação, exportação, refino e venda de produtos petrolíferos, com sede em Tóquio. Possui uma refinaria e oito terminais de petróleo e derivados no Japão.

Tudo o que sabemos sobre:
JapãoPetrobrásTóquio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.