Pedro Ventura/Agência Brasília
Pedro Ventura/Agência Brasília

coluna

Fernanda Camargo: O insustentável custo de investir desconhecendo fatores ambientais

Petrobrás aumenta gás de cozinha em 5% nas refinarias a partir desta sexta

Impacto para o consumidor deverá girar em torno de 2% a 3%, já que a realização da Petrobrás representa 38% do preço, sendo os outros custos distribuídos entre a comercialização e tributos

Denise Luna, O Estado de S.Paulo

27 de dezembro de 2019 | 09h54

RIO - A Petrobrás vai aumentar em 5% o preço do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) a partir desta sexta-feira, 27, nas suas refinarias, logo depois de ter anunciado que o gás natural deverá cair cerca de 10% após a revisão de contratos com 12 distribuidoras estaduais do produto. 

Seguindo a regra de reajustes trimestrais para o GLP, o aumento de 5% atinge o gás de cozinha, que é o botijão de 13 kg, utilizado em domicílios, e também o GLP industrial e comercial. 

O impacto para o consumidor deverá girar em torno de 2% a 3%, já que a realização da Petrobrás representa 38% do preço, sendo os outros custos distribuídos entre a comercialização e tributos. 

Tudo o que sabemos sobre:
PetrobrásGLPgás

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.