Petrobras cai três posições em ranking de empresas de energia

Empresa passou de sexto para nono lugar em lista da consultoria PFC Energy.

Da BBC Brasil, BBC

26 de janeiro de 2009 | 19h06

A Petrobras caiu três posições em um ranking das 50 maiores empresas de energia do mundo, compilado pela consultoria americana PFC Energy.Segundo o ranking PFC Energy 50, que lista as empresas pela sua capitalização de mercado, a empresa brasileira passou da sexta posição, em 2007, para o nono lugar no ano passado.De acordo com a PFC, o preço das ações da Petrobras registrou queda de 60% no período.Outras empresas estatais, como as chinesas PetroChina e Sinopec e a russa Gazprom, também caíram no ranking. A PetroChina, que em 2007 ocupava o primeiro lugar, caiu para segundo, ultrapassada pela americana ExxonMobil.A Gazprom caiu da terceira para a 11ª colocação, e a Sinopec de quinto para 12º lugar.RecuperaçãoCapitalização de mercado, o critério usado na lista, significa o valor de uma companhia conforme o determinado pelo preço de mercado de suas ações ordinárias em circulação.Além da ExxonMobil, outras gigantes internacionais também recuperaram posições que haviam perdido para estatais no ranking anterior.A Royal Dutch Shell passou de quarto para terceiro lugar, a Chevron pulou de 10º para quarto, e a BP, de sétimo para quinto.Segundo a PFC Energy, o valor combinado das 50 maiores empresas caiu 46%, de US$ 5,2 trilhões um ano atrás para US$ 2,8 trilhões. De acordo com a consultoria, este foi "o pior declínio da história do ranking"."A perda de valor reflete uma combinação da queda nos mercados acionários globais (o índice S&P 500 caiu 38,5%) com os menores preços de petróleo", diz a PFC Energy.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.