Petrobras conclui aquisição de ativos da Shell na Colômbia

A Petrobras informou nesta sexta-feira que concluiu a negociação de compra de ativos da multinacional Shell na Colômbia, anunciada em US$ 140 milhões. O negócio inclui 39 postos de combustíveis no país, e a administração será transferida para a estatal imediatamente. A marca será mudada dentro de seis meses. "Toda a força de trabalho será aproveitada e será mantida a política de benefícios para os recursos humanos", acrescentou a empresa. Além dos postos e das lojas de conveniência em na capital colombiana, Bogotá, e em outros municípios, o negócio inclui uma base de armazenamento e a fábrica de mistura de lubrificantes na região industrial de Puente Aranda, também na capital colombiana, e um terminal na cidade de Santa Marta, de acordo com um comunicado divulgado pela petrolífera. Negócio maior A aquisição dos ativos da Shell na Colômbia faz parte de um negócio maior, assinado em dezembro, que garantiu à Petrobras todos os negócios da anglo-holandesa em Colômbia, Uruguai e Paraguai. O contrato ainda inclui 134 postos de combustíveis, ativos na comercialização de Gás Liqüefeito de Petróleo (GLP) e instalações para a venda de produtos para aviação no Paraguai. A Petrobras também controlará 89 postos e instalações para a comercialização de combustível de aviação e venda de asfalto no Uruguai.

Agencia Estado,

28 Abril 2006 | 15h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.