Petrobras conclui perfuração do poço Bracuhy

A Petrobras informou, em comunicado ao mercado, nesta segunda-feira, 21, ter concluído a perfuração do poço 3-BRSA-1183-RJS (3-RJS-713), informalmente chamado de Bracuhy, localizado no bloco BM-S-24, no pré-sal da Bacia de Santos.

FERNANDA GUIMARÃES, Agencia Estado

21 de outubro de 2013 | 10h09

No comunicado, a Petrobras destaca que esse poço é o terceiro perfurado na área de Júpiter e que a sua perfuração confirmou "uma coluna de hidrocarbonetos de cerca de 160 metros, a partir de 5.322 metros de profundidade, com rochas com boas condições de porosidade e permeabilidade". Segundo a estatal, além da capa de gás e condensado, o poço constatou uma coluna de óleo de cerca de 100 metros de espessura.

De acordo com a Petrobras, um teste de formação na zona portadora de óleo está previsto para verificar as suas características e a produtividade dos reservatórios.

O poço perfurado está a 26 quilômetros a nordeste do poço de Júpiter que, conforme divulgado em 21 de janeiro de 2008, identificou a presença de uma grande jazida de gás (gás natural e CO2), condensado e óleo, informou a Petrobras no comunicado. "As amostras coletadas do novo poço confirmaram tratar-se dos mesmos fluidos constatados no poço pioneiro 1-RJS-652A (júpiter) e no poço de extensão 3-RJS-683A", completou.

Ainda segundo a Petrobras, o poço Bracuhy tem profundidade final de 5.765 metros e está localizado a 267 km do litoral do Rio de Janeiro em profundidade de água de 2.251 metros.

Também no informe, a Petrobras afirma que o consórcio, na qual a estatal tem uma participação de 80% e a Petrogal Brasil 20%, dará continuidade às atividades previstas no Plano de Avaliação de Descoberta aprovado pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Tudo o que sabemos sobre:
PetrobrasBracuhy

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.