Petrobras confirma apetite para comprar refinarias

O diretor da área internacional da Petrobras, Nestor Cerveró, disse ontem que a companhia está atenta à possibilidade adquirir 100% da refinaria de Pasadena, no Texas (EUA), na qual participa hoje com fatia de 50%. Segundo ele, não há uma negociação formal, mas sim um "estudo de viabilidade".Atualmente, os 50% restantes da unidade estão nas mãos da belga Astra Petroleum. O objetivo seria ampliar a capacidade da refinaria, dos atuais 150 mil barris por dia (bpd) para 250 mil bpd. "Estamos de olho nas oportunidades de refino que surgem no mundo, e com apetite para novas aquisições", destacou o executivo.Na mesma linha, o diretor de Abastecimento da estatal brasileira, Paulo Roberto Costa, disse que a Petrobras vislumbra a possibilidade de comprar uma refinaria na Europa, somando-se às unidades dos Estados Unidos e Japão que já possui.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.