Petrobras confirma mais uma descoberta na Bacia de Santos

A área é operada pela Petrobras (66%) em parceria com a Shell (20%) e Galp Energia (14%)

Kelly Lima, da Agência Estado,

21 de maio de 2008 | 18h42

A Petrobras confirmou que foram encontrados indícios de petróleo na área do pré-sal no bloco BM-S-8, que vem sendo chamado de bem-te-vi. A área é operada pela Petrobras (66%) em parceria com a Shell (20%) e Galp Energia (14%). Análises preliminares indicam que a densidade do petróleo está entre 25 e 28 ºAPI, comparável à de outras descobertas do pré-sal da Bacia de Santos. Veja também:País pode ter o terceiro maior campo de petróleo   O poço pioneiro, segundo a nota da Petrobras, está localizado a cerca de 250 quilômetros da costa do Estado de São Paulo, em águas onde a profundidade é de 2.139 metros. A perfuração foi concluída no último dia 18 de maio, na profundidade de 6.773 metros, e a descoberta comprovada pela análise de amostras de petróleo por meio de teste de formação em reservatórios situados a cerca de 6 mil metros de profundidade. No dia 6 de março, a estatal já havia comunicado à Agência Nacional do Petróleo (ANP) indícios de petróleo na mesma área, mas numa profundidade menor. Segundo a Petrobras, o consórcio prepara Plano de Avaliação de Descoberta a ser encaminhado à Agência Nacional de Petróleo (ANP), conforme previsto no Contrato de Concessão, dando continuidade às atividades e investimentos no Bloco BM-S-8.

Tudo o que sabemos sobre:
Petrobras

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.