Petrobras decidirá local da nova refinaria em 2004

Até o início do ano que vem, a Petrobras decide onde vai construir a nova refinaria de petróleo, entre os 12 estados que se candidatam a recebê-la. O anúncio foi feito hoje pelo presidente da estatal, José Eduardo Dutra, em Vitória, no Espírito Santo, um dos estados que pleiteiam o investimento. Segundo Dutra, um critério fundamental será a participação de parceiros privados junto à estatal e, neste sentido, o Espírito Santo, o Ceará (que acena com um parceiro saudita) e Pernambuco (com a PDVSA) levam alguma vantagem.Ele disse também que os critérios envolvem acesso à matéria prima ("o que não quer dizer proximidade dos poços", ressaltou), acesso ao mercado, infra-estrutura, incentivos e licença ambiental. "Este último item dificulta a questão em São Paulo, que já tem outras refinarias", lembrou o executivo, salientando que a decisão ainda está longe de ser tomada. "Temos que levar em conta questões econômicas, tecnológicas e comerciais. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva já esclareceu que a questão também é política". Dutra disse que, pelos estudos da Petrobras, há espaço para a construção de apenas mais uma refinaria no País. Ele alertou que o prazo para que a refinaria esteja funcionando é 2008 e 2009. "Leva quatro para realizar as obras. Então ela tem que ser definida até o início do ano que vem", calculou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.