Petrobras descarta aumento já da gasolina

O atual preço recorde do barril do petróleo no mercado internacional ainda não justifica um aumento no preços da gasolina e do diesel no Brasil, informou na noite desta sexta-feira o diretor financeiro da Petrobras, José Sérgio Gabrielli. "O que tivemos hoje foi um aumento pontual, devido à explosão de uma refinaria, mas temos dados que indicam a queda de preços no mercado spot americano", disse sobre a preço de US$ 46,58 no mercado de Nova York.Para justificar sua posição, ele mostrou um gráfico com a variação dos preços de acordo com os contratos da Petrobras. No entanto, o gráfico mostra o barril abaixo da cotação de US$ 40. Ele afirmou que a estatal "continua atenta ao mercado internacional", mas que não teve prejuízo com a alta de preços "ainda".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.