carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Petrobras descarta novo aumento de combustíveis em 2004

O presidente da Petrobras, José Eduardo Dutra, descartou nesta sexta-feira a possibilidade de um novo reajuste no preço da gasolina e do diesel ainda em 2004. Faltando menos de 15 dias para o ano acabar, Dutra diz que não há motivos para mexer no preço agora. Segundo ele, a Petrobras continua mantendo sua política de acompanhar os preços internacionais no longo prazo. Questionado sobre o comentário de analistas sobre a gasolina estar mais cara no Brasil hoje do que fora do País, o diretor financeiro da estatal, José Sérgio Gabrielli, desconversou: "eles é que estão dizendo", comentou. Para Gabrielli, há um "equilíbrio" nas contas da estatal com relação aos preços dos derivados.

Agencia Estado,

17 de dezembro de 2004 | 12h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.