Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Petrobras e Vale evitam 4a queda seguida da Bovespa

Numa sessão de giro fraco, a Bolsa deValores de São Paulo só escapou de emendar a quarta quedaconsecutiva devido à recuperação das blue chips Petrobras eVale. Nos últimos negócios desta segunda-feira, o Ibovespaconsumiu os pálidos ganhos que exibiu durante a maior parte dodia e fechou com inexpressiva alta de 0,04 por cento, aos64.640 pontos. O volume negociado na bolsa somou apenas 4bilhões de reais, o menor desde 26 de maio. As ações mais importantes do índice avançaram, acompanhandoo desempenho internacional das empresas dos setores demineração e de petróleo. As preferenciais da Vale subiram 1,6 por cento, para 47,50reais, depois que a Baosteel, maior siderúrgica da China,concordou em pagar até 96,5 por cento a mais pelo minério deferro fornecido pela mineradora australiana Rio Tinto . "Isso foi visto como positivo para os investidores dacompanhia, porque mostra que, apesar do temor de desaceleraçãoeconômica internacional, a demanda por minério continua forte",disse Luiz Gustavo Medina, sócio da M2 Investimentos. As ações preferenciais da Petrobras subiram 1,76 por cento,para 43,89 reais, na esteira da cotação do petróleo que subiupara perto dos 137 dólares o barril. Esse movimento, no entanto, foi visto por profissionais domercado como uma correção dos exageros da semana passada,quando esses papéis puxaram as perdas da Bovespa com quedasacentuadas. No restante do mercado, a ordem do dia foi, mais uma vez,vender. Esse movimento atingiu em cheio setores comosiderurgia, papel e celulose e commodities agrícolas. Em destaque, as ações preferenciais da Aracruz perderam 3,7por cento, a 12,34 reais. As preferenciais da Usiminas recuaram3 por cento, a 78,33 reais. "Os investidores estão preocupados com repetidos sinais derepique da inflação no Brasil e no exterior. E estão evitandoformar posições sólidas antes da reunião do Fed", disse Medina. Nestas terça e quarta-feiras, o Federal Reserve se reúnepara decidir o rumo da taxa básica dos Estados Unidos, hoje em2,0 por cento ao ano. A expectativa da maioria dos economistasé de que o juro seja mantido. Fora do índice, o destaque foram as ações ordinárias daconstrutora Agra, com avanço de 32 por cento, a 8,50 reais. ACyrela anunciou na sexta-feira à noite um acordo de troca deações para incorporação da Agra. UMA "VALE" A MENOS Duzentos e sessenta e dois bilhões de reais. Essa foi aperda em valor de mercado pelo conjunto de empresas cujas açõessão negociadas na Bovespa desde que seu principal índiceatingiu a pontuação máxima, no dia 20 de maio, segundo dados daEconomática. O montante é superior ao valor de mercado da Vale, que erade 251,5 bilhões de reais na última sexta-feira.

ALUÍSIO ALVES, REUTERS

23 de junho de 2008 | 17h56

Tudo o que sabemos sobre:
BOVESPAFECHAFINAL

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.