Petrobras estuda compra de refinaria em Aruba

A Petrobras confirmou hoje seu interesse em adquirir uma refinaria localizada em Aruba, pertencente à americana Valero Energy, e não descartou a possibilidade de negociar outros ativos também da Valero nos Estados Unidos. Segundo o diretor da área Internacional da estatal, Jorge Zelada, a companhia aguarda ainda a conclusão da reforma que teve de ser feita na unidade de Aruba, por conta de um incêndio ocorrido no local no mês passado. "Acreditamos que essas obras devam ser concluídas em abril para então reavaliarmos nosso interesse", disse.A Valero Energy já havia anunciado que está estudando vender quase um terço das unidades na América do Norte em meio à desaceleração econômica do país, que afeta a demanda por combustível. O grupo disse ainda que está explorando novos projetos no Oriente Médio e na Ásia. A companhia é responsável pelo processamento de 3,1 milhões de barris por dia (bpd) e quer se desfazer das instalações destinadas a 840 mil bpd. Em Aruba, a capacidade de processamento é de 265 mil bpd."Estamos sempre atentos para agregar valor ao nosso óleo e por isso mesmo estamos sempre avaliando ativos na área de refino", disse Zelada. Além do mercado consumidor americano, onde a Petrobras já tem a refinaria de Pasadena, que deve passar por uma ampliação de capacidade ainda este ano, a estatal também mira o mercado europeu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.