Petrobras estuda investir US$ 20 milhões em refinaria em SP

A Petrobras estuda investir mais de US$ 20 milhões na construção de uma usina de refino de biodiesel de 100 mil toneladas por ano e de ao menos três esmagadoras de grãos para a produção de óleo no Estado de São Paulo. O financiamento para as obras seria feito pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e tanto as esmagadoras, quando o cultivo do grão, ficariam sob responsabilidade de pequenos produtores e trabalhadores rurais assentados.A intenção de se fazer o empreendimento foi revelada em uma reunião nesta semana entre representantes da estatal de petróleo, do BNDES, de trabalhadores rurais, do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e do Movimento dos Sem-terra (MST). A Petrobras manifestou o interesse de construir a usina em Araraquara, São Paulo, cujo prefeito, Edinho Silva (PT), também participou do encontro.A cidade teria a preferência para a obra por estar na região central do Estado de São Paulo, o que facilitaria a logística, tanto para a recepção do óleo vegetal, quanto para o escoamento do biodiesel após o refino. Além disso, há a questão política, já que Edinho Silva governa, pela segunda vez, uma das maiores cidades paulistas comandadas pelo PT.A proposta prevê que as esmagadoras do óleo fiquem espalhadas pelo Estado, prioritariamente em regiões com alto índice de assentados, com o Pontal do Paranapanema, e que a matéria-prima para o óleo e o biodiesel seja o girassol.Pelos cálculos iniciais, seriam beneficiados 13 mil assentados, sem contar com os pequenos produtores rurais. "A prioridade é o assentado, mas o projeto está voltado para a agricultura familiar e temos um volume grande de pequenas propriedades", informou o prefeito de Araraquara. A proposta será analisada por técnicos da Petrobrás e do BNDES para a elaboração de um projeto.

Agencia Estado,

25 de maio de 2006 | 13h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.