Petrobras fecha escritório em Itajaí

A Petrobras vai fechar o escritório em Itajaí (SC) e transferir as atividades e os 47 funcionários para a sede da empresa no Rio de Janeiro. A transferência será efetivada no dia 6 de janeiro. Parte das atividades burocráticas da empresa em Santa Catarina deve ainda permanecer em Itajaí.A transferência do escritório de Itajaí reverte a lógica de descentralização dos negócios da estatal, com a instalação de várias frentes em todo o País. O fechamento de um escritório em Belém no primeiro semestre deste ano já apontava o abandono da idéia de descentralização.A Associação Comercial e Industrial de Itajaí (Acii) divulgou levantamento em que aponta que a transferência do escritório vai provocar a demissão de 359 pessoas. Esses trabalhadores atuam em 44 empresas prestadoras de serviços para a estatal.Procurado pela reportagem, o gerente-geral da Petrobras em Itajaí, Luiz Amaury Ridiguieri, não retornou as ligações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.