finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Petrobras firma acordo com a empresa Compact GLT

A Petrobras informou em comunicado, nesta quinta-feira, a assinatura de Acordo de Cooperação Tecnológica com a empresa Compact GTL. O acordo prevê construção e testes de uma planta piloto de produção de petróleo sintético a partir de gás natural associado (produzido junto com o petróleo), projetada para ser instalada em unidade de produção flutuante do tipo FPSO (plataforma que produz, processa, armazena e escoa petróleo)."O contrato de três anos, no valor de US$ 10,6 milhões, envolve as etapas de elaboração do projeto da planta piloto de 20 barris por dia, a instalação desta planta em uma área de teste da Petrobras, situada em terra, a avaliação do seu desempenho e a elaboração do projeto conceitual para uma unidade industrial de 1.500 barris diários", esclareceu o comunicado da Petrobras.A empresa informou que, em sua avaliação, a tecnologia de microcanais é "uma grande inovação", devido ao fato de ser extremamente compacta. "Isso permitirá, uma vez comprovada sua viabilidade, a instalação de unidades GTL em plataformas de produção, possibilitando a aplicação ao gás natural produzido nos campos marítimos, quando não for possível a reinjeção nos reservatórios ou a construção de gasoduto para exportação".Segundo a Petrobras, "com essa tecnologia será comercialmente aproveitado o gás que, de outra forma, seria queimado", detalhou a empresa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.