Petrobras inaugura amanhã gasoduto Sudeste-Nordeste

Com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a Petrobras realiza amanhã, em Ilhéus (BA), cerimônia de inauguração do Gasoduto da Integração Sudeste Nordeste (Gasene). Trata-se do maior gasoduto em extensão já construído no Brasil nos últimos dez anos e do principal empreendimento para expansão da malha de transporte de gás natural do País entre 2003 e 2010, período em que a rede de gasodutos de transporte brasileira passou de 5.451 quilômetros para 9.219 quilômetros.

KELLY LIMA, Agencia Estado

25 Março 2010 | 19h43

Com 1.387 quilômetros, 28 polegadas e capacidade para transportar 20 milhões de metros cúbicos por dia, o Gasene vai do Rio de Janeiro à Bahia, ligando de um lado os principais campos produtores e o maior mercado consumidor ao Nordeste, que produz gás natural em quantidade insuficiente para permitir a expansão da demanda.

Inicialmente, o Gasene vai operar com capacidade de 10 milhões de metros cúbicos por dia, que será ampliada, por meio de estações de compressão, à medida que o mercado cresça. Segundo a Petrobras, esta integração permitirá aumentar a oferta de gás natural ao Nordeste, dando maior confiabilidade ao suprimento e aumentando a flexibilidade operacional para atendimento aos mercados térmico e não térmico da região. Os 20 milhões de metros cúbicos/dia correspondem ao dobro do consumo médio da Região Nordeste no ano de 2009, que foi de 9,8 milhões de metros cúbicos/dia (21,5% do consumo nacional de gás natural).

Com investimentos da ordem de R$ 7,2 bilhões e geração de 47 mil empregos diretos e indiretos, as obras do gasoduto da integração foram divididas em três trechos: Cacimbas-Vitória (130 km), Cabiúnas-Vitória (303 km) e Cacimbas-Catu (954 km). Os dois primeiros já estão prontos e em operação comercial. O gasoduto Cacimbas-Catu foi concluído neste mês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.