Petrobras informa paralisação da plataforma P-25

A Petrobras interrompeu em caráter preventivo a produção da plataforma P-25, instalada no campo de Albacora, na Bacia de Campos, a partir de 16 de outubro, segundo comunicado divulgado hoje pela companhia. A P-25 produz, em média, aproximadamente 65 mil barris de óleo por dia. A operação deverá retornar ao normal no dia 29 de outubro. A estatal calcula que, com essa paralisação, a produção diária de outubro será reduzida em cerca de 25 mil barris diários.De acordo com o comunicado, a interrupção das atividades na P-25 deve-se a problemas no riser, duto flexível que desce da plataforma para o solo marinho. Um sistema de monitoramento utilizado pela Petrobras identificou uma alteração na superfície do duto e, por essa razão, a companhia decidiu suspender as operações.A empresa explica, em nota, que "esse riser é o de maior diâmetro da Bacia de Campos e encontra-se na fronteira tecnológica para esse tipo de equipamento".

TATIANA FREITAS, Agencia Estado

24 de outubro de 2007 | 19h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.