Petrobras inicia operações de novo navio-plataforma

A Petrobras iniciou nesta segunda-feira as operações de seu novo navio-plataforma de produção no campo de Golfinho, litoral do Espírito Santo, a FPSO Capixaba, que 100 mil barris diários de petróleo. Assim que estiver em plena operação, serão gerados 3,5 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia.Durante a fase de pré-operação, que durará entre cinco e sete dias, o navio-plataforma produzirá até 15 mil barris diários de petróleo leve a 40 graus API (American Petroleum Institute), de alto valor comercial."Depois dessa fase, o FPSO Capixaba entrará em operação definitiva e a produção desse campo contribuirá para manter a auto-suficiência brasileira em petróleo", informou a empresa.A unidade também aumentará gradualmente a produção de petróleo leve pela companhia, acrescentou a Petrobras no comunicado enviado aos mercados financeiros e bolsistas.Em abril, a Petrobras pôs em operações a plataforma P-50, na Bacia de Campos, uma rica província petrolífera no litoral do Rio de Janeiro.Essa plataforma de extração e armazenamento, com capacidade para produzir 180 mil barris por dia de petróleo, marcou a auto-suficiência petrolífera do Brasil. Com ela, a estatal atingiu uma produção de 1,8 milhão de barris diários - volume equivalentes ao consumo do mercado interno.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.