Petrobras investirá R$ 4,73 bi em modernização da Repar

A Petrobras informa que assinou contratos por meio dos quais investirá R$ 4,73 bilhões na modernização da Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar), localizada em Araucária, na região metropolitana de Curitiba, no Paraná.Foram assinados dois contratos. O primeiro deles, no valor de R$ 2,48 bilhões, prevê a construção da nova unidade de coqueamento retardado com capacidade de 5 mil metros cúbicos por dia. O acordo foi feito com a Promon e a Camargo Corrêa e o prazo de execução é de 1.313 dias corridos, ou cerca de três anos e meio.O segundo contrato, de R$ 2,25 bilhões, refere-se às interligações das unidades de coque/HTD (Hidro Tratamento) e gasolina e envolve, segundo a estatal, dezenas de quilômetros de tubulações, cabos elétricos e de comunicação, instalações para coleta e tratamento de efluentes, infra-estrutura para distribuição de ar, água, vapor e energia elétrica e armazenamento de produtos. Esse contrato foi assinado com o consórcio Interpar (Setal, Mendes Jr e MPE). O prazo de execução é de 1.115 dias corridos, ou cerca de três anos.Com os investimentos anunciados hoje, sobe para R$ 7,2 bilhões o total anunciado na modernização da Repar.

AE, Agencia Estado

07 de julho de 2008 | 20h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.