Petrobras minimiza queda de produção nos últimos meses

O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, minimizou hoje a queda de produção na empresa, que vem sendo verificada nos últimos três meses, depois de a estatal ter atingido a máxima de dois milhões de barris por dia no final do ano passado. "Houve uma queda mínima nos últimos meses por conta de paradas na produção, que foram compensadas com a entrada de novas plataformas em operação. Ainda assim, estamos com uma produção acima do que um ano atrás", disse. Ele lembrou ainda que a estatal terá este ano o reflexo das plataformas que entraram em operação no ano passado, e ainda não atingindo sua capacidade máxima de produção.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.