Petrobras: minoritário da BR é beneficiado

O vice-presidente da Associação Nacional de Investidores do Mercado de Capitais (Animec), Gregorio Mancebo Rodriguez, afirmou que os acionistas da Petrobras BR serão beneficiados na troca de suas ações pelas da Petrobras. "O investidor terá um papel de maior volume de negócios com uma perspectiva de rentabilidade boa neste ano e em 2001", disse. Para ele, a receita da Petrobras deve continuar se beneficiando da elevação na cotação do barril de petróleo, "que deve se estabilizar entre US$ 30,0 e US$ 32,0 no ano que vem". Na opinião de Rodriguez, o potencial de alta das ações da Petrobras ainda seria maior que o dos papéis da Distribuidora, caso esses continuassem a ser negociados. "Como compra combustível da Petrobras para vender no posto de gasolina, a BR possui uma margem fixa", explicou, ao ressaltar a possibilidade reduzida de elevação de receitas da BR. Segundo ele, o atual detentor de ações da BR sairá ganhando mesmo se tiver de negociar seus papéis no mercado fracionário, que tradicionalmente paga menos pelas ações transacionadas. Esse tipo de negociação ocorreria, por exemplo, com acionistas da BR que não possuem recursos suficientes para trocar por um lote inteiro da Petrobras, de 100 ações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.