Petrobras planeja unidade de GNL no Uruguai

A Petrobras negocia com o governo do Uruguai para implantar uma unidade de regaseificação de Gás Natural Liquefeito (GNL) naquele país. A informação foi dada esta tarde pelo gerente-executivo da estatal para o Cone Sul, Décio Odone. Segundo ele, o estudo teve início já há algum tempo, mas está na dependência de entendimentos com o governo uruguaio. O gás será destinado ao atendimento do mercado uruguaio e argentino.Odone não descarta, no entanto, que parte do combustível venha a ser utilizada para abastecer a térmica de Canoas (RS). A unidade, segundo ele, deverá receber investimentos entre US$ 200 milhões e US$ 400 milhões, para processar entre 7 milhões e 14 milhões de metros cúbicos por dia, a partir de 2010. O executivo participou hoje do Energy Integration Congress, no Rio.

KELLY LIMA, Agencia Estado

29 de outubro de 2007 | 17h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.