Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Petrobras pode aportar valor da Triunfo na Braskem

O diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, disse hoje que, se não houver acerto com a Triunfo, a estatal irá cobrir com recursos próprios o valor equivalente à fatia da empresa no acordo fechado recentemente com a Braskem.Pelos termos do contrato Petrobras-Braskem, a estatal só chegará aos 25% de participação no capital total desta última depois que for concretizada a integração de 100% da Triunfo. Atualmente, a subsidiária Petroquisa possui 85% da Triunfo, e o restante está nas mãos de outros sócios. Um deles, o empresário Boris Gorentzvaig, criticou no último dia 29 o processo de consolidação do setor, liderado pela Petrobras, afirmando que a Braskem, uma empresa do Grupo Odebrecht, estaria recebendo tratamento especial - para ter uma espécie de monopólio privado no País.O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, rebateu hoje os comentários, afirmando que os sócios da Triunfo contrários à operação são "minoritários irrelevantes". Segundo o executivo, a Triunfo é uma empresa pequena, que não poderia liderar a consolidação do setor. "A reestruturação tem que ser feita com grupos fortes."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.