Petrobrás pode ter descoberto megareserva de gás no Peru

Estatal brasileira teria encontrado no país reserva de até 5 trilhões de pés cúbicos do combustível

Marcílio Souza, da Agência Estado,

06 de novembro de 2009 | 12h44

O presidente do Peru, Alan García, disse nesta última quinta-feira, 5, que a Petrobrás pode ter feito uma descoberta de até 5 trilhões de pés cúbicos de gás natural no bloco 58, na região amazônica do país. Caso seja confirmada, a descoberta poderá atender as necessidades de gás do Peru até 2050, disse García.

 

Veja também:

linkPetrobrás compra a Chevron Chile

linkPetrobrás avalia oportunidades de investimento na Arábia Saudita 

 

"Eu recebi uma informação diretamente da selva de que o Bloco 58 possui uma grande quantidade de gás", disse García. Ele afirmou que deverá receber mais confirmação nesta sexta-feira do Bloco 58, que é uma área de exploração relativamente nova.

 

García disse que a descoberta, de possivelmente quatro a cinco trilhões de pés cúbicos em reservas novas, foi feita no poço Urubamba, um dos cinco do bloco 58.

 

"Se isso for confirmado - e parece que no primeiro poço há muito mais do que um trilhão de pés cúbicos de gás e esse é apenas um dos cinco poços ou estruturas -, podemos dizer que demos um salto na segurança de energia", disse García.

 

O presidente afirmou que o Peru tem atualmente até 15 trilhões de pés cúbicos de gás em reservas em seus blocos do sul - até três trilhões de pés cúbicos no bloco 56, mais de nove trilhões no bloco 88 e dois trilhões no bloco 57. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
PetrobrásgásPeru

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.