Petrobrás propõe dividendos de R$ 1,5 bi, equivalente a R$ 0,12 por ação

Diretor financeiro lembrou, no entanto, que esse valor precisa passar por aprovação em assembleia geral ordinária

Sabrina Valle e Kelly Lima, da Agência Estado,

25 de fevereiro de 2011 | 20h01

O diretor Financeiro e de Relações com Investidores da Petrobrás, Almir Barbassa, afirmou está previsto o pagamento de dividendos em R$ 1,565 bilhão, ou a R$ 0,12 por ação.

Ele lembrou, no entanto, que esse valor precisa passar por aprovação em assembleia geral ordinária. Já foram aprovadas e distribuídas em 2010 quatro tranches de juros sobre capital próprio, somando R$ 7,9 bilhões. Hoje, segundo ele, foi aprovado o pagamento de mais R$ 2,217 bilhões, correspondente a R$ 0,17 por ação.

No ano passado, a Petrobrás investiu R$ 76,4 bilhões e para este ano prevê investir R$ 93,67 bilhões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.