coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Petrobras quer abrir mercado de combustível para EUA e Europa

A Petrobras está negociando para retirar barreiras à importação do combustível pelos Estados Unidos e pela Europa para competir no mercado internacional com o álcool brasileiro, cotado a US$ 40 o barril. Segundo o diretor de gás e energia da companhia, Ildo Sauer, a idéia é que a estatal possa competir "com o petróleo, que está acima de US$ 70 o barril, e o álcool, que está a mais de US$ 60 o barril na cotação americana e US$ 100 o barril na européia. No XI Congresso Brasileiro de Energia, Sauer disse que a companhia tem buscado ocupar um espaço de grande empresa de energia renovável no mundo. Ele abriu o evento, representando o presidente da empresa, José Sergio Gabrielli. O ministro das Minas e Energia, Silas Rondeau não compareceu ao evento.

Agencia Estado,

16 de agosto de 2006 | 11h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.