Petrobras reajusta gasolina em 1,5% por causa do álcool

A gasolina estará 1,5% mais cara nesta sexta-feira nos postos de bandeira BR, da Petrobras. O motivo é o repasse ao consumidor da alta de 19% no álcool anidro entre os dias 25 e 31 de julho. O álcool é misturado à fórmula da gasolina na proporção de 25%. O aumento da BR acompanha reajustes que já vêm sendo feitos por outras distribuidoras nas últimas semanas, em torno de R$ 0,03 por litro (o que corresponde, em média, ao porcentual de 1,5%).Segundo o Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis, Lubrificantes, e Lojas de Convenência do Rio (Sindcomb), o aumento do álcool para os postos é repassado integralmente. De acordo com o diretor da União da Agroindústria Canavieira do Estado de São Paulo (Unica), Antonio de Padua Rodrigues, o preço do litro álcool anidro vendido pelo produtor subiu de R$ 0,65 para R$ 0,75, nas últimas duas semanas.Levantamento de preços realizado pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), na semana passada, ainda não havia detectado o reflexo do aumento do preço do álcool anidro na gasolina. Segundo a ANP, o valor do litro da gasolina havia recuado 0,28%, na semana passada. Segundo o Sindcomb, o impacto deverá ser sentido somente na pesquisa de preços que a agência vai realizar na semana que vem. A ANP havia constatado no mês passado um aumento de 3% no preço do álcool subiu em todo o País.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.