Petrobras reitera não poder confirmar volume de reserva

O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, disse hoje, quando indagado por um jornalista sobre o que dirá na Comissão de Minas e Energia da Câmara sobre o potencial da reserva de Pão de Açúcar, na Bacia de Santos, que "a Petrobras já divulgou nota muito clara e detalhada dizendo que estamos no processo de perfuração e não temos condições de confirmar volumes de óleo (em Pão de Açúcar). O trabalho continua em andamento".No início desta semana, o diretor-geral da Agência Nacional de Petróleo (ANP), Haroldo Lima, afirmou que o volume da reserva de Pão de Açúcar seria cinco vezes maior que o campo de Tupi, na mesma bacia. Segundo Gabrielli, a Petrobras já havia anunciado anteriormente, após reunião do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), que "o potencial exploratório da (camada) pré-sal (abaixo do leito marinho) como um todo era muito grande, não falamos em números, mas dissemos que era para ser explorado, e é o que estamos fazendo em diversos blocos".Gabrielli participa, neste momento, de uma entrevista coletiva, na sede da empresa, no Rio, ao lado do ministro das Minas e Energia, Edison Lobão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.