Petrobras: rendimento dos fundos em alta

Os fundos de ações da Petrobras que divulgaram o valor de sua cota na sexta-feira renderam cerca de 57%. A valorização das ações deve continuar a elevar o rendimento desses fundos, podendo superar as expectativas de administradores e investidores. Logo no primeiro dia de rendimento os fundos tiveram uma valorização de cerca de 54%, considerando-se as variações decorrentes do preço do papel no mercado à vista em relação ao preço do papel no leilão, com o desconto de 20%. Algumas instituições, como o Banco Pactual, não souberam divulgar, ainda, o rendimento de seus fundos por não terem contabilizado o rendimento. O Banco Liberal não divulgou a rentabilidade por problemas operacionais.Mercantil: fundos Petrobras podem render 60% em um anoSegundo o vice-presidente do Banco Mercantil de São Paulo, Raul Barreto, as aplicações em renda variável são, em geral arriscadas. Mas nesse caso o rendimento dos fundos de ações da Petrobras deve superar as previsões de especialistas, podendo chegar a render em um ano até 60% do capital aplicado. As ações da empresa ainda demonstram uma pequena oscilação, mas essa não compromete a boa rentabilidade do fundo a longo prazo. Os fundos devem continuar seguindo fielmente a variação das ações da Petrobras, pois são formados quase que totalmente por elas, facilitando o acompanhamento do rendimentoOs fundos com recursos próprios possuem um rendimento um pouco maior aos fundos com recursos do FGTS, por estarem rendendo desde o início da captação em renda fixa, o que não era permitido a fundos do FGTS.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.