Petrobrás supera exportações da Vale em agosto

No ano, contudo, mineradora lidera; No mês passado, a petroleira exportou US$ 2,383 bilhões, uma fatia de 10,65% do total das exportações brasileiras

Fernanda Guimarães, da Agência Estado,

24 de setembro de 2012 | 16h27

SÃO PAULO - A Petrobrás superou a Vale e registrou em agosto a posição de maior exportadora brasileira, de acordo com dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic). No mês passado, a petroleira exportou US$ 2,383 bilhões, uma fatia de 10,65% do total das exportações brasileiras. A mineradora seguiu de perto na segunda posição, com uma participação de 10,12%, ou US$ 2,265 bilhões.

Apesar de melhor posicionada em agosto, a Petrobrás perde para a Vale a primeira colocação quando os valores do acumulado do ano são somados. De janeiro a agosto as exportações da Vale chegaram a US$ 16,613 bilhões, o que representou uma fatia de 10,34% do total. A Petrobrás vem logo em seguida, com exportações equivalentes a US$ 15,583 bilhões, ou 9,7% do total.

Uma das razões para a Vale ter perdido a primeira colocação foi a queda no período do preço do minério de ferro, carro-chefe da companhia. De acordo com a Secex, a média do preço do minério de ferro praticado no mês passado foi de US$ 100,2 a tonelada, uma queda de 3,9% ante julho. No entanto, em relação ao mesmo período do ano passado a retração foi mais brusca, de 27,8%.

Ainda registram as primeiras posições da lista das maiores exportadoras do País, também no acumulado do ano, a Bunge Alimentos (2,85%), Cargill (1,93%) e Embraer (1,90%).

Tudo o que sabemos sobre:
PetrobrásValeexportações

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.