Petrobrás suspende desconto para diesel

A Petrobrás suspendeu desconto de R$ 10,00 por metro cúbico de óleo diesel que era concedido para contratos firmados com distribuidoras para a região Nordeste, Grande São Paulo e proximidades dos municípios de São José dos Campos e Cubatão (SP). Com isso, o preço final do combustível ao consumidor nas bombas dessas distribuidoras ficou R$ 0,01 mais caro a partir desta semana.A suspensão do desconto, segundo a Diretoria de Abastecimento da estatal, se deve ao preço competitivo do seu diesel, em comparação com os preços negociados no mercado internacional. Os preços chegaram a ficar 30% acima dos negociados no mercado externo em agosto, segundo o Centro Brasileiro de Infra-Estrutura (CBIE), mas a diferença vem diminuindo nos últimos meses devido à proximidade do inverno no Hemisfério Norte.Com a chegada da estação, cresce o consumo do combustível para aquecedores, o que encarece o preço do combustível, desestimulando as importações que vinham ocorrendo em maior volume nos últimos meses.O desconto vinha sendo dado pela Petrobras em contratos estabelecidos nas regiões em que o combustível importado chega com maior intensidade. O desconto não foi eliminado em São Paulo, mas reduzido a R$ 0,50 por metro cúbico de diesel. No Nordeste, a negociação da Petrobras é com cada contrato isoladamente. Pelos cálculos de técnicos da estatal, o desconto mantido em São Paulo representa R$ 0,0005 no preço final do litro do combustível.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.