Petrobrás vai investir US$ 750 milhões na Bolívia

A Petrobrás deve fazer novos investimentos na Bolívia no valor de US$ 750 milhões, informou o assessor de Assuntos Internacionais da Presidência da República, Marco Aurélio Garcia, em entrevista publicada ontem pelo jornal La Razón, de La Paz. Esse investimento permitirá, a médio prazo, "um grande crescimento da produção de gás" na Bolívia, segundo ele. Garcia reuniu-se na sexta-feira, em La Paz, com representantes do governo boliviano para planejar a visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao país. Lula chega à Bolívia no domingo para se reunir com os presidentes Evo Morales e a chilena Michelle Bachelet. O encontro, no qual serão anunciadas obras de um corredor bioceânico, estava previsto para quarta-feira, mas foi adiado a pedido de Lula. Bolívia e Brasil prevêem anunciar no dia 17 a sociedade entre as estatais Yacimientos Petrolíferos Fiscales Bolivianos e Petrobrás. Desde a nacionalização dos setores de gás e petróleo na Bolívia, em maio de 2006, a Petrobrás só investe o necessário para manter suas atividades no país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.