Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Petrobras vai reduzir preço do querosene de aviação

O Sindicato Nacional das Empresas Aéreas (Snea) informou nesta sexta-feira que a Petrobras reduzirá o preço do Querosene de Aviação (QAV) em 12,1% a partir de 1º de outubro. É a terceira redução consecutiva repassada ao preço do combustível, que tem reajustes quinzenais. No dia 1º de setembro a Petrobras havia reduzido o preço do produto em 5,1% e no dia 15, em 4%. Com estes reajustes para baixo, a alta acumulada este ano sobre 2005, que chegou a ser de 26% em agosto, praticamente se anulou, estando hoje em 1%. O Snea não informou se o reajuste será repassado para as passagens aéreas. O valor do combustível corresponde a algo em 35% e 40% dos custos da companhia aérea. NaftaA exemplo da redução do preço QAV, o setor petroquímico está na expectativa de uma queda também no preço da nafta na mesma data. Fontes do setor estimam que a redução da nafta deve ficar entre 7% e 10%. A queda nos preços está ocorrendo como reflexo da redução do preço internacional do barril de petróleo em torno de 25% nos últimos dois meses.Apesar do reajuste para baixo nos preços da nafta, entretanto, o setor petroquímico deve repassar até 30% de alta para os preços de suas resinas agora em outubro. A alta, segundo fonte do setor, é necessária, porque na época em que o preço do barril esteve "nas alturas" o setor não repassou a íntegra dos reajustes da nafta para os preços internos das resinas, ficando com uma defasagem acumulada.

Agencia Estado,

29 de setembro de 2006 | 15h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.