coluna

Louise Barsi explica como viver de dividendos seguindo o Jeito Barsi de investir

Petrobras vende subsidiária na Argentina

A Petrobras Energia, subsidiária na Argentina da Petrobras, comunicou oficialmente que vendeu sua participação acionária na empresa Transener, a maior transportadora de energia elétrica daquele país. A venda foi realizada após meses de pressões do governo do presidente Néstor Kirchner, que considerava que a posse da Transener proporcionava à Petrobras uma posição monopolizadora na área energética - e estratégica - na Argentina. Com esta operação - que envolveu US$ 54 milhões - a transportadora de energia passa às mãos de empresa americana Eton Park Capital Management, que ficará com a totalidade das ações da Citelec, que controla 52,67% da Transener.A compra da Transener pela Petrobras foi realizada em 2002. Logo em seguida surgiu uma intensa polêmica entre os integrantes do governo do então presidente Eduardo Duhalde (2002-2003), que consideravam que a Transener era uma empresa de importância estratégica, e que portanto, não poderia ficar em mãos de uma empresa estrangeira que contava com forte presença na área energética argentina. Na época, o governo Duhalde temia a consolidação de uma significativa influência brasileira na economia argentina, já que empresas provenientes do Brasil (como a AmBev, que adquiriu a tradicional cervejeira Quilmes) estavam comprando diversas empresas de capital argentino.Após a promessa da Petrobras de que a Transener seria vendida no futuro próximo, o governo Duhalde tranqüilizou-se e autorizou a operação de compra.A Transener integrava o pacote de companhias da Pérez Companc (Pecom), holding adquirido quase que em sua totalidade pela Petrobrás. Com a passagem da Pecom para mãos brasileiras, desapareceu a última grande empresa energética de capital argentino.A nova proprietária, Eton Park Capital Management, é um fundo de investimentos de US$ 5,3 bilhões, cujas sedes principais estão em Nova York e Londres.Aberta ao mundoO ministro de Planejamento da Argentina, Julio De Vido, afirmou nesta quarta-feira que a "Argentina está aberta ao mundo em matéria de investimentos", ao realizar o primeiro comentário oficial sobre a venda da Transener para um grupo de capitais dos Estados Unidos.O ministro destacou que o fundo de investimentos Eton Park "está interessado em investir em energia na Argentina" e lembrou que o próprio presidente Néstor Kirchner disse na última terça que o país está aberto aos investimentos estrangeiros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.