Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Reuters
Reuters

Petroleira de Eike Batista demite diretor financeiro

Saída de Roberto Bernardes Monteiro do cargo foi decidida pelo conselho de administração

Agência Estado,

20 de setembro de 2013 | 15h06

SÃO PAULO - A OGX, petroleira do empresário Eike Batista, demitiu o seu diretor financeiro e de relações com investidores, Roberto Bernardes Monteiro. A saída de Monteiro, aprovada pelo conselho da empresa, foi comunicada em informe enviado à Comissão de Valores Mobiliários.

A empresa de petróleo e gás do grupo EBX deverá preencher o cargo em eleição na próxima reunião do conselho de administração a ser convocada.

No início de setembro, a empresa desmentiu em um comunicado as notícias sobre eventuais conflitos entre a diretoria da OGX e a Angra Partners. O informe desmentiu notícias de eventual afastamento de membros da diretoria da OGX, por conta de possíveis conflitos com a Angra. "São rumores infundados", dizia o comunicado.

Em junho, a petroleira comunicou a saída de conselheiros independentes, entre eles o ex-ministro da Fazenda Pedro Malan, o ex-ministro de Minas e Energia Rodolpho Tourinho Neto e a ex-ministra do Supremo Tribunal Federal Ellen Gracie Northfleet, reduzindo o número de integrantes do conselho à metade, de 12 para seis.

Notificação. A empresa Diamond Offshore Drilling informou em um documento enviado para a Securities and Exchange Commission (SEC, a comissão de valores mobiliários dos EUA) que notificou a OGX que a companhia está inadimplente nos pagamentos das obrigações do contrato sobre a plataforma Ocean Quest.

Segundo a companhia norte-americana, se a situação não for resolvida o contrato pode ser encerrado. "Nós estamos buscando outras oportunidades para substituir a OGX se o contrato for rescindido", diz a Diamond no documento.

A empresa afirma que a plataforma Ocean Star foi sublocada para a Queiroz Galvão pelo período de duração do contrato com a OGX. A companhia norte-americana explica ainda que a OGX lhe devia US$ 22,7 milhões em 30 de junho. 

"Nossas receitas estimadas com a OGX para o terceiro trimestre de 2013 são de aproximadamente US$ 36 milhões, e nada disso foi pago ainda", acrescenta.

Tudo o que sabemos sobre:
Eike Batista

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.