seu bolso

E-Investidor: O passo a passo para montar uma reserva de emergência

Petroleiros discutirão com Gros participação nos lucros

O presidente da Federação Única dos Petroleiros (FUP), Maurício França Rubem, disse que terá uma reunião na próxima quarta-feira com o presidente da Petrobras, Francisco Gros, para discutir a Participação nos Lucros e Resultados (PLR) da categoria. A redução da PLR levou a uma paralisação de 24 horas dos petroleiros na última quinta-feira e poderá levar a novos protestos ou greve, segundo Rubem. Ele não descartou uma nova paralisação, mas disse que antes haverá a reunião com Gros e, no dia seguinte, com dirigentes sindicais de 19 entidades ligadas aos petroleiros de todo o País. Os petroleiros reclamam que a PLR da categoria não aumentou na mesma proporção que os dividendos distribuídos pela estatal a seus acionistas. Os petroleiros receberam aproximadamente R$ 240 milhões no ano passado, segundo Rubem, o que dá uma parcela de cerca de R$ 7 mil por funcionário. Este ano, a direção da empresa decidiu destinar o mesmo valor para a PLR, apesar de distribuir mais dividendos. A Petrobrás alega que aumentou a parcela destinada aos funcionários para R$ 380 milhões. Segundo a área de recursos humanos da estatal, R$ 140 milhões já foram pagos no fim do ano passado. "A matemática da empresa é diferente da dos trabalhadores", disse Rubem.

Agencia Estado,

06 de maio de 2002 | 15h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.