finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Petroleiros iniciam amanhã mobilização por reajuste maior

Amanhã os petroleiros iniciam as mobilizações para conseguir um reajuste maior. A categoria vai atrasar em duas horas a troca de turnos nas unidades operacionais ou a entrada em unidades administrativas, como forma de advertência para uma possível greve, caso a Petrobrás não aceite a proposta da Federação Única dos Petroleiros (FUP). Na Bacia de Campos, os helicópteros que levam os funcionários de plataformas também terão suas saídas atrasadas em duas horas.Os petroleiros querem reajuste de 7,81%, baseado no índice ICV/Dieese mais aumento real de 5%, além de melhoria em condições trabalhistas e na relação dom o fundo de pensão da estatal. A Petrobrás propõe apenas os 7,81%. Ainda hoje, a direção da FUP se reúne em Brasília para definir os novos passos do movimento.

Agencia Estado,

22 de setembro de 2004 | 18h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.