Petróleo atinge a maior cotação em 12 semanas

O petróleo fechou em alta pelo quinto dia consecutivo, com o contrato futuro de julho em US$ 32,36 (+1,99% sobre ontem) no mercado norte-americano, o que correspondeu ao maior valor em 12 semanas. A alta é atribuída à redução dos estoques de petróleo e derivados por causa da diminuição das importações dos EUA. Os estoques estão em níveis mínimos históricos e 12% abaixo do total estocado no ano passado. Além dos relatórios, a Opep confirmou nesta quarta-feira a decisão de manter as cotas de produção, após reunião em Doha, no Catar. O cartel marcou para o dia 31 de julho uma reunião, em Viena, para discutir o mercado.No mercado londrino, os contratos de petróleo Brent para agosto fecharam em US$ 27,87 o barril, em alta de US$ 0,26 (+0,94%).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.