Petróleo atinge novo preço recorde com preocupação sobre oferta

O contrato de petróleo cru no mercado futuro atingiu nova máxima histórica nesta manhã. Ele foi negociado a US$ 43,34 o barril, no pregão eletrônico Access da Nymex, com perspectiva de manter-se em alta. Segundo analistas, há um potencial desequilíbrio entre oferta e demanda no mercado, preocupando os investidores. As condições de ofertas são frágeis, já que os países produtores de petróleo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) estão próximo ao máximo de sua produção.Além disso, o caso Yukos trouxe ao debate as intenções da Rússia, maior produtora fora da Opep, de realizar futuros investimentos nessa indústria. Venezuela e Nigéria, outros grandes produtores, são países politicamente instáveis. E o Oriente Médio encontra-se em constante ameaça dos terroristas. A demanda por sua vez está crescendo, especialmente na China e nos EUA, onde as economias se expandem com mais intensidade. Às 7h56 (horário de Brasília), o contrato de setembro o petróleo cru subia US$ 0,40 (0,94%) para US$ 43,15 o barril no eletrônico da Nymex. O contrato do brent operava em US$ 39,70 o barril em Londres, alta de US$ 0,45 (+1,15%). As informações são das agências internacionais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.